EHLA: TRUMPF está pronta para a soldagem por deposição a laser de altíssima velocidade

0
49

O novo método EHLA atinge velocidades de soldagem por deposição a laser extremamente altas. Com ele, os sistemas laser TRUMPF conseguiram soldar mais de 250 cm² por minuto.

A TRUMPF está colocando o novo método EHLA em produção em série (em alemão, a sigla significa soldagem de deposição a laser de extrema velocidade). O método EHLA é significativamente mais rápido do que a soldagem convencional por deposição a laser. “Podemos usar técnicas similares às que utilizamos para a soldagem por deposição a laser, porém com resultados muito mais rápidos”, explica Antonio Candel-Ruiz, especialista em métodos de superfície a laser na TRUMPF, em Ditzingen. O Fraunhofer Institute for Laser Technology (ILT) desenvolveu e patenteou o EHLA com o principal objetivo de executar processos de revestimento muito rapidamente em componentes rotacionalmente simétricos, com camadas de baixas espessuras.

Testada e aprovada em revestimentos metálicos por muitos anos, o processo de soldagem por deposição a laser proporciona resultados de alta qualidade. Este método torna possível a fabricação de revestimentos isentos de trincas e praticamente sem poros, com ligação metalúrgica ao substrato de uma variedade de materiais. “Para as tarefas de revestimento de grandes áreas, no entanto, os lasers não têm a velocidade necessária”, diz Candel-Ruiz. Além disso, a espessura mínima da camada era de cerca de 500 micrómetros; camadas mais finas simplesmente não eram possíveis.

Como o EHLA funciona

A soldagem de deposição a laser convencional acontece da seguinte forma: um laser gera uma poça de solda na superfície de uma peça e funde o pó de metal, adicionado coaxialmente, simultaneamente, para criar a forma necessária. O pó então se funde com a superfície, formando gradualmente um revestimento protetor. No método EHLA, a luz laser atinge o enchimento do pó acima da poça de solda, aquecendo o material quase ao seu ponto de fusão, enquanto ele ainda está a caminho da peça. Consequentemente, as partículas fundem mais rápido sobre a poça de solda. Isso torna possível usar a energia de forma muito mais eficiente. Enquanto o processo convencional de deposição a laser pode revestir apenas 10 a 40 cm²/min, o método EHLA atinge taxas superiores a 250 cm²/min. Além disso, agora são possíveis revestimentos muito mais finos, com espessuras de camadas de 10 a 300 micrómetros. O EHLA também permite um foco de laser muito mais fino, tornando o processo consideravelmente mais eficiente em termos de energia.

A TRUMPF encontra o EHLA

A nova óptica de processamento desenvolvida pela Fraunhofer ILT pode ser integrada diretamente nos sistemas atuais da TRUMPF. “Nossos lasers de diodo e nossos lasers de disco são adequados para o EHLA, dependendo do foco do laser necessário”, diz Candel-Ruiz. Com o laser de diodo, é possível um foco de cerca de 1mm; com os lasers de disco, um foco tão pequeno quanto cerca de 0,2 mm. Além da fonte do raio laser, outro fator decisivo é que a máquina possui um eixo rotacional que permite altas velocidades.

Dependendo do tamanho do componente, a TRUMPF possui diversas opções de máquinas lasercandidatas ao EHLA. A TruLaser Cell 3000 é adequada para componentes pequenos e médios, enquanto as máquinas da série TruLaser Cell 7000 são indicadas para grandes componentes. Mas os fabricantes podem integrar o método EHLA em seus sistemas existentes. O pacote de tecnologia DepositionLine da TRUMPF também pode ser equipado com os novos bicos de alimentação de pó desenvolvidos pela Fraunhofer ILT.

O novo método EHLA permite taxas de processamento extremamente elevadas de mais de 250 centímetros quadrados por minuto.

Dependendo da aplicação, máquinas de cinco eixos e três eixos – e mesmo sistemas baseados em robôs – podem ser equipados com tecnologia LMD.

Máquina flexível TruiLaser Cell 3000 de três eixos
Foto: máquina flexível TruiLaser Cell 3000 de três eixos

Foto: máquina flexível TruiLaser Cell 3000 de três eixos

Sobre TRUMPF

A empresa de alta tecnologia TRUMPF oferece soluções de fabricação nas áreas de máquinas-ferramenta, lasers e eletrônica. Oferece ainda conectividade digital na indústria de transformação através de consultoria, plataforma e software. TRUMPF é uma companhia líder de tecnologia no mercado mundial de máquinas-ferramentas utilizadas no processamento de chapa flexível e também em lasers industriais. Em 2016/17a empresa – com 12.000 funcionários – alcançou vendas de 3,1 bilhões de euros. Com mais de 70 subsidiárias, o Grupo TRUMPF está representado em quase todos os países da Europa, Norte e América do Sul e Ásia. Possui instalações de produção na Alemanha, França, Grã-Bretanha, Itália, Áustria, Suíça, Polónia, República Checa, EUA, México, China e Japão. A TRUMPF comemora, em 2018, 37 anos de presença no Brasil. Com sede em Barueri, a empresa possui uma operação solidificada e com abrangência para prover assistência técnica a seus clientes em diferentes regiões, sendo responsável também em dar suporte às operações na América do Sul.

Acesse: www.trumpf.com